quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

E já lá vão vinte!

Bem se tentou escrever qualquer coisa de jeito a propósito dos vinte anos da Alfacinha… Mas depois de ver o que a cantora Lorie tinha para dizer sobre o assunto… Impossível de alinhar duas… Todos os esboços de frase pareciam superficiais ao pé desta extraordinária canção.
Dá-se então aqui a palavra à Lorie.


À 20 ans

À 20 ans, on se sent
Encore une âme un peu fragile
Mais pas si docile
On apprend, poliment
À contrôler ses impatiences
Et sa belle insolence
Mais je sais
Que l'amour me guidera
Mais je sais
Que la vie continuera ses bienfaits
Que mon étoile là-haut
Ne me lâchera pas de sitôt

À 20 ans
On est invincible
Tipo super-herói ?? Que boa notícia!! Estou ansiosa para descobrir os meus super-poderes!!
À 20 ans
Rien n'est impossible

Confirma-se a história do super-herói… e daí então o cenário psicadélico do clip… Isto faz tudo sentido!
On traverse les jours, en chantant
Ah está bem… super-herói de um musical…
Et l'amour c'est le plus important

À 20 ans
Gentiment
On oublie les bonnes manières
Mas que lindo oximoro… e que gracioso eufemismo… a Lorie é uma poetisa nata!
Et toutes les galères
Então, Lorie ? Já te está a puxar o pezinho para o calão?
On comprend, fatalement,
Que Cendrillon jette la pierre
À la vilaine sorcière

Hum… escapou-me aqui alguma coisa… esta não percebi. Talvez ainda sejam muito recentes, os meus vinte aninhos…

Mais je sais
Que l'amour me guidera
Mais je sais
Que la vie continuera ses bienfaits
Que mon étoile là-haut
Ne me lâchera pas de sitôt

Mudança de pronome pessoal… Efeito de estilo ou será que só a Lorie tem uma estrelinha lá em cima?

À 20 ans
On est invincible
À 20 ans
Rien n'est impossible
On traverse les jours, en chantant
Quand l'amour c'est le plus important

Que estranho, tenho a impressão de já ter lido isto…

À 20 ans
On ose tout dire
Insouciant
Mais avec le sourire

Sim, é preciso ser sempre amável
On traverse les jours, en chantant
Já tenho 20 anos há cinco dias e ainda não tive a impressão de viver num Música no Coração…
S'il faut parler d'avenir
Sachez que l'on est bien assez grand
À 20 ans


Même si l'on se sent tellement fort et différent
À 20 ans,
Parfois dans les remords
On se sent
Perdu en désaccord

Sim, as contradições no seio do seu ser…
Pleurer le grand amour, en chantant
Esta ainda não consegui, devo ainda ser muito inexperiente nos vinte anos… é que cantar a chorar… então e os lenços de papel, o ranho, os olhos vermelhos, a voz a tremer… não, ainda não consigo fazer tudo ao mesmo tempo. Não perco a esperança!
Il viendra un jour il faut du temps
Ah, pronto, estou mais descansada. Obrigada Lorie! Lá está, sempre a palavra certa na altura certa!

À 20 ans
On est invincible
On se rend
Parfois impossible
On traverse les jours, en chantant
Et l'amour c'est le plus important
À 20 ans

On ose tout dire
Insouciant
Mais avec le sourire
Pleurer le grand amour, en chantant
Il viendra un jour il faut du temps
À 20 ans
Fenomenal. Rico e profundo poema, tão anaforicamente expressivo. Fenomenal.

6 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns!

Paula Marques

Fifi disse...

ó Mary, o link não abre! Queria tanto ver a Lorie - que disse que o homem da vida dela era, claro está, o seu papá.

Anónimo disse...

Como diria o outro: globalmente expresssivo!
Ou seria globalmente correcto e manifestamente expressivo?
Já não me lembro...
Mas talvez a alfacinha saiba de quem falo:::
AhAhAh
Mab

Mariana la Parisienne disse...

fifi:
Link corrigido! Espero que desta vez consigas ter o prazer de ouvir a Lorie!

Mab:
Era globalmente correcto e expressivo por tudo e por nada. Ah souvenir, souvenir... :S

Anónimo disse...

Curioso como te abstens de comentar qualquer verso que inclua a palavra "amour"..... ;-)

Beijinhos e parabens

Rui André

Mariana la Parisienne disse...

Rui André:
Não sei quem precisa mais de ser psicanalizado: se a autora do texto, se a mente perversa que reparou em tal coisa... ;-)
Beijinho