domingo, 13 de maio de 2007

A Alfacinha entre os Bretões.

É domingo, está sol e há uma festa bretã ao pé de casa. Vamos lá, Fanny?
E lá vão elas.
Já com um maravilhoso crepe de nutella nas mãos (estaladiço, quentinho… ai que bom, faz bem à alma), as duas meninas vão ver o bailarico. Uma gaita-de-foles com a sua estridência e charme naturais dá o ritmo às danças. De braço dado, o círculo de bretões sorridentes ia rodando, rodando… Acaba a música, palmas. E se nos infiltrássemos? Meu dito meu feito. Sem saber um passo de danças bretãs, metem-se na roda. Mal começa a música, um mindinho da Alfacinha é raptado por uma velhinha frenética. Já está, agora toca a andar, vou-me deixar ir. Ora um saltinho para o lado, mais outro, fico no lugar, outra vez… E lá estão as duas na roda, divertidas, de mindinhos no ar, sem conseguir parar de rir. Bolas pisei alguém. Não faz mal, deixa lá que alguém já te pisa para compensar, o que interessa é acompanhar a dança, não largar os mindinhos dos vizinhos, um saltinho, dois saltinhos, um dois três, dois dois três, três dois três e recomeça, um dois três… A roda estica, aperta, encrava com outras rodas, pronto, já fui pisada, mas continua. Bom, já dei cinco voltas à praceta, já sei de cor a música, estou a ficar tonta, hipnotizada, já era tempo de mudar, não? Não. Enquanto o senhor da gaita-de-foles tiver fôlego, a música continua. Entraste, agora aguentas. Vê-se a Alfacinha numa encruzilhada: a dança não pára enquanto a música não parar, a música não pára enquanto o gaiteiro tiver fôlego e por isso quando chega ao fim do refrão… recomeça! Pescadinha de rabo na boca. Gaita, é caso para o dizer! Vá, manter o ritmo, mindinhos firmes, um saltinho, dois saltinhos…
E parou. A velhinha está radiante, as duas pategas também.
Faz bem dar um pezinho de dança de vez em quando.




5 comentários:

Mab disse...

É o que eu digo: é só borga!!!!

Mariana la Parisienne disse...

Digamos que é uma questão de saúde mental :)

marta disse...

Que giro!
Só espero q seja assim nas Andanças!!
A roda vai ser bem grande... YOUPI
Saudaditas...

Jose Manuel disse...

Assim, a saltar e a voltear, a Alfacinha não desbota. Manter-se-á verde. Fresca. Fresquinha. Mesmo em Paris. Sobretudo em Paris.

Filipa disse...

Olá Alfacinha!

Esrou a adorar o Blogue...e até eu estava com vontade de levantar os mindinhos e começar aos saltos!
Beijo
Filipa MJ